NO DIA 25 DE OUTUBRO ACONTECE O COLA: MARKETING ESTRATÉGICO PARA VENDAS

No dia 25 de outubro acontece a 5ª edição do Cola, com palestras sobre Marketing Estratégico para Vendas. O evento acontece na Sede do Sistema FIRJAN (Av. Graça Aranha, 1, 4º andar, Centro - Rio de Janeiro) de 9h às 12h.

Leia mais...

INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO GANHA MANUAL DE SEGURANÇA EM IMPERMEABILIZAÇÃO

O Sistema FIRJAN e a Associação das Empresas de Impermeabilização do Rio de Janeiro (AEI), lançaram nesta terça-feira, 17, a edição revisada e ampliada do Manual de Segurança em Serviço de Impermeabilização. O documento é um guia de orientação tanto para as empresas e profissionais da indústria da construção civil quanto para órgãos de fiscalização, detalhando aspectos técnicos e de segurança do trabalho inerentes aos serviços de impermeabilização.

Leia mais...

FIRJAN PROMOVE SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO FISCAL COM PREFEITOS DO ESTADO DO RIO

O ajuste das contas públicas passou a ser o principal problema econômico do Brasil, ainda que o país tenha uma das maiores cargas tributárias do mundo. O desequilíbrio fiscal é grave na maioria das cidades brasileiras e esse foi o principal tema do seminário realizado nesta segunda-feira, 16, pelo Sistema FIRJAN e a Comunitas, com apoio da Frente Nacional dos Prefeitos.

Leia mais...

WORKSHOP QUESTÕES TRABALHISTAS NO CONDOMÍNIO - REGIONAL SERRA NORTE - NOVA FRIBURGO

No dia 19 de outubro às 18h30 acontece o Workshop Questões trabalhistas na ANCIANF Nova Friburgo (Av. Alberto Braune, 111 - Centro). TRAGA SUA PERGUNTA sobre temas como jornada de trabalho, hora extra e rescisão. Tudo isso à luz do universo condominial, em um bate-papo especial com uma especialista no assunto. Marque essa data em sua agenda! 

Leia mais...

CNI APROVA PEDIDO DE ADIN FEITO PELA FIRJAN

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) aprovou o pedido da FIRJAN para ajuizamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o Convênio ICMS nº 52/17. O convênio dispõe sobre novas regras para aplicação do regime de substituição tributária do ICMS, alterando sua base de cálculo e onerando as empresas. A Federação entende que o ato normativo é inconstitucional em diferentes aspectos. Por ser uma entidade de âmbito nacional, apenas a CNI pode levar a questão ao STF.

 

 

 

 

Sindicato filiado ao:                 Apoio:

 

Copyright © 2017 SINDUSCON CN - Todos os Direitos reservados - Desenvolvido por SENAI-RJ.